A importância da medicina preventiva para empresas

#Convenio

Banner principal

por webfoco

Sem dúvidas, prevenir é a forma perfeita para buscar a melhor saúde e a qualidade de vida. É por isso que a medicina preventiva se torna tão valiosa. Não só para nós, como também para empresas, que podem ter equipes cada vez mais saudáveis e energéticas. Os planos de saúde empresariais, nesse contexto, são super relevantes.

As pessoas têm visto a importância de adotar medidas para prevenir doenças, sejam elas relacionadas com o corpo ou com a mente. Não somente amenizar ou tratar os efeitos quando surgem. Saiba como funciona essa ideia na medicina e porque sua empresa deve aderi-la.

O que é medicina preventiva?

Com o avanço da medicina, inúmeras pesquisas e estudos provaram que a prevenção é a estratégia mais eficaz para controlar doenças. A partir disso, nasce a medicina preventiva, focada em cuidados antecipados à mente e ao corpo de uma pessoa. Seu objetivo principal é evitar o surgimento de doenças, principalmente daquelas provocadas por maus hábitos.

Os benefícios de um plano de saúde empresarial ajudam a alcançar esse objetivo. Isso porque permitem que os colaboradores tenham atendimento médico-hospitalar periodicamente, como forma de prevenção, e já quando sentirem sintomas. Assim, a situação não se agrava.

Check-up: a chave do segredo

Pensa comigo: se o foco da medicina preventiva é antecipar os cuidados com a saúde, o check-up periódico é uma das medidas mais importantes, certo? Normalmente, a checagem médica é realizada anualmente, mas há casos em que o médico solicita mais frequência para acompanhar melhor o paciente.

Durante o check-up, o médico pode pedir exames para investigar a presença de problemas, além de fazer a entrevista clínica. Exames de sangue, fezes, urina, mama e colo de útero são bem comuns.

Por que a medicina preventiva é importante para uma empresa?

Bom, quando as pessoas estão doentes, o corpo e a mente costumam dar sinais negativos, já impactando bastante no seu bem-estar e desempenho no dia a dia.  É aí que o colaborador que não está bem começa a faltar mais, produzir menos e não ter a mesma energia para exercer as atividades. Sem contar as oscilações de humor que afetam o restante do time.

Até chegar a esse ponto, atitudes poderiam já ter sido tomadas, não é mesmo? A medicina preventiva, praticada por empresas através de um plano de saúde, ajuda nisso. Com eles, é possível abaixar a taxa de faltas, quando um funcionário se ausenta do trabalho por motivos pessoais, como saúde. A taxa de sinistralidade, ida ao médico e serviços de saúde, também reduz.

Como diz o velho ditado, “prevenir é melhor do que remediar”. Para escolher o plano de saúde empresarial para o seu negócio e colocar em jogo a medicina preventiva, conte com a corretora de saúde Piwi.