Semana de 4 dias de trabalho: como funciona e quem já adota?

#Gestão de RH

Banner principal

por
webfoco

A semana de somente 4 dias de trabalho (com três de descanso) é uma ideia que vem ganhando bastante força ao redor do mundo. Países como Emirados Árabes Unidos, Islândia e Bélgica já adotam este modelo com 32 horas semanais. No Brasil, tudo ainda está engatinhando, mas já há empresas levando a sério a jornada 4x3.

Jornada 4x3: como surgiu e como funciona?

A semana de 4 dias de trabalho já é um assunto de um bom tempo atrás e amplamente discutido entre organizações não-governamentais, que focam em melhorias em relação ao bem-estar e qualidade de vida no trabalho. Entretanto, com a chegada da pandemia da Covid-19, a pauta teve em gás e veio a pergunta: a produtividade está mesmo conectada ao número de horas trabalhadas?

A partir dessa dúvida, inúmeras empresas começaram a aderir à diminuição jornada de trabalho, conhecida como 4x3. Ou seja, 4 dias úteis e 3 de folga, como falamos. O teste, que já vinha sendo feito em certos locais, apresentou resultados bem positivos, o que fez da opção um tema popular entre os trabalhadores.

Quais são as vantagens de ter 4 dias úteis?

Redução do absenteísmo

Com uma jornada semanal reduzida, os funcionários tendem a faltar menos. Esse indicador foi observado em países que trabalham 4 dias por semana e em empresas nacionais que testaram o modelo.

Bem-estar do colaborador

Os colaboradores têm mais tempo para se recuperar do estresse, liberando energia através de hobbies e outros interesses. Isso contribui, ainda, para o bom clima organizacional.

Uso eficiente do tempo

O tempo para realizar a atividade se torna menor, por isso, funcionários não gastam seus minutos em tarefas ineficientes. Além disso, são menos propensos a se distrair com redes sociais, por exemplo.

Maior produtividade

Juntando todos os itens citados anteriormente, temos uma maior produtividade, concorda? O People Analytics pode provar!

Ajuda o meio-ambiente

A semana de trabalho de quatro dias representa menos pessoas se deslocando de suas residências até o trabalho, o que reduz consideravelmente a emissão de carbono no planeta. O meio-ambiente agradece.

O que as leis trabalhistas dizem sobre isso?

Segundo a legislação do Brasil, a jornada é de 8 horas diárias e 44 horas semanais. Sendo assim, nada impede que a carga horária seja menor. Então, pela lei do país, é possível, sim, trabalhar 4 dias e folgar 3.

Quais países adotam a semana mais curta de trabalho?

Emirados Árabes Unidos

Os Emirados Árabes Unidos foram o primeiro país do mundo a acatar a semana de 4 dias úteis. A jornada de trabalho de 36 horas semanais entrou em vigor em janeiro de 2022 e vale para todos os órgãos públicos. Para as empresas privadas, é facultativa.

Bélgica

Na Bélgica, a jornada de quatro ou cinco dias é uma opção do trabalhador. Desde fevereiro, a população trabalha por 38 horas semanais, com a possibilidade de fazer 45 horas e reduzir a jornada na semana seguinte.

Islândia

O país fez testes durante os anos de 2015 e 2019 e agora implantou a ideia. Um estudo feito pela Associação de Sustentabilidade e Democracia (Alda), junto da instituição britânica Autonomy, mostrou que o bem-estar dos funcionários melhorou. A produtividade, por sua vez, permaneceu a mesma ou até aumentou. Por isso, podemos considerar um dos bons benefícios corporativos.

E no Brasil?

Visto que a legislação brasileira não impede a adoção da jornada de 4 dias semanais, portanto, o movimento também ganhou força em nosso território. As empresas brasileiras começaram a aceitar a ideia a passos lentos. A principal mudança proposta é dar aos colaboradores um dia a mais de folga por semana, além do sábado e do domingo. Isso sem alterar o salário.

Desafios de reduzir para 4 dias de trabalho

Vamos combinar que diminuir a carga horária significa uma nova cultura organizacional. Isso não pode acontecer do dia para a noite, pois exige muito planejamento, dedicação e organização. Sem falar que deve haver um grande alinhamento de visão entre a liderança da empresa. Por parte dos trabalhadores, a tendência é que não tenha nenhuma resistência.

Contribua com a qualidade de vida do seu time com a Piwi!

A Piwi acredita que grandes empresas fazem grandes coisas, como pensar na qualidade de vida do seu time. Por isso, como corretora de saúde, ajudamos você a evoluir com o mundo!