Sinistralidade: o que é e como reduzi-la

#Gestão de RH

Banner principal

por
webfoco

Em todo contrato de plano de saúde empresarial é prevista uma porcentagem de sinistro aceitável pela operadora. Então, quando é ultrapassada essa média, a operadora que promove os benefícios pode solicitar o aumento no preço do serviço. Isso chamamos de sinistralidade.

A falta de um bom controle da sinistralidade dentro da empresa é capaz de causar altos prejuízos financeiros. Por outro lado, as operadoras buscam assegurar a cobertura de seus contratos. É por isso que mostraremos ações que ajudam a reduzir a sinistralidade em sua instituição, mantendo o orçamento já calculado.

O que é sinistralidade?

Sinistralidade significa, basicamente, o custo que a operadora teve com determinada população, como um grupo de funcionários de uma empresa. É por meio dela que os planos de saúde calculam os gastos e comparam com o valor arrecadado pela operadora. Consequentemente, pode gerar um reajuste dos preços que são repassados para o contratante dos benefícios.

Dessa forma, há uma necessidade de as organizações acompanharem com frequência os sinistros. E, caso necessário, criar ações internas para controlar as despesas adicionais com o plano empresarial de saúde.

Formas de reduzir a sinistralidade dentro da empresa

Ações simples, de conscientização, trazem ótimos retornos quando queremos diminuir a sinistralidade. 

  • Estímulo de hábitos saudáveis entre os colaboradores.

Prevenir os problemas de saúde é uma forma eficiente de reduzir a sinistralidade do plano de saúde. Para tanto, a empresa precisa estimular hábitos saudáveis. Como promover atividades físicas e ressaltar a importância do consumo de alimentos saudáveis. Fácil, não é mesmo?

  • Adoção de medidas preventivas.

Medidas preventivas são interessantes para controlar a sinistralidade do plano de saúde empresarial e melhorar a qualidade de vida dos funcionários. A maioria das pessoas procura por auxílio médico quando já estão doentes, fazendo com que seja um tratamento longo e caro. Em determinadas ocasiões, há até a necessidade de afastar o colaborador, prejudicando a produtividade da equipe.

Entra ano, sai ano, e deixamos o famoso check-up para depois. Sua empresa deve tomar o caminho contrário: estimular as análises médicas e exames preventivos.

  • Realização de campanhas de conscientização.

As campanhas de conscientização são extremamente válidas para manter os colaboradores alertados e prevenidos contra certas doenças. Além disso, fazem com que eles usufruam do plano de saúde para empresas de maneira mais responsável e direcionada.

Plano de saúde empresarial com coparticipação vale a pena?

Em um plano de saúde com coparticipação, seus funcionários contribuem com uma parcela de pagamento à operadora a cada utilização do pacote. É uma solução que minimiza a sinistralidade, mas precisa ser bem analisada, visto que pode não dialogar com a realidade da sua empresa.

Para entender melhor as necessidades de um grupo de colaboradores, pensar ao lado de uma corretora de saúde, como a Piwi, é essencial! Assim, você encontra os benefícios ideais para sua situação, seja um plano de saúde PME ou qualquer outro.

Somos uma verdadeira parceira para buscar as melhores soluções e fazer a gestão de saúde do seu negócio. Fica a dica!