×

Ligue: +55 11 3195.7494

Saiba como transferir a gestão de seu plano de saúde empresarial

#Destaque #Piwi®

Banner principal

porpiwi

É possível mudar de corretora durante a vigência do contrato sem custo adicional

Sabia que é possível fazer a transferência de gestão do seu plano de saúde, mesmo com o contrato em andamento? A alteração da corretora é permitida sem que seja gerado nenhum custo extra para a empresa.

Você deve estar se perguntando: “por que alguém iria querer mudar se corretora é tudo igual”, não é mesmo? Se você é dessa opinião, provavelmente, sua experiência com corretores até aqui não foi das melhores. Mas não deveria ser assim.

O papel da corretora é fundamental para manter a harmonia entre as partes do ecossistema, formado pela empresa e pela operadora de seguro. Quando essa relação funciona bem, todos os envolvidos saem ganhando. No caso dos planos de saúde, é a corretora que faz a intermediação entre a operadora de saúde e as empresas contratantes do benefício para os colaboradores.

Não deveria, mas é bastante comum, principalmente no caso de pequenas e médias empresas, que as corretoras trabalhem apenas reativamente, atendendo à demanda dos clientes só quando solicitada. Ou, pior ainda, o corretor entra em contato apenas quando está perto do prazo de renovação, sem ter dado nenhum suporte ao longo da vigência do contrato anterior.

Muitas vezes, as pequenas e médias empresas entram cheias de esperança nessa relação e, só depois de fechado o contrato, é que se dão conta de que ela não é nada saudável. As corretoras tradicionais se importam pouco com os contratos que envolvem algumas dezenas de vidas, como os das PMEs, e dedicam-se mais àqueles clientes que fazem plano de saúde para centenas de colaboradores.

A boa notícia é que a empresa não é obrigada a ficar nesse casamento infeliz e pode escolher uma corretora que traga muito mais valor para a relação por ser especializada em pequenas e médias empresas, por exemplo.

Quando trocar de corretora?

Na prática, a corretora é quem dá o suporte para o cliente e para a operadora manter uma relação o mais satisfatória possível. Se sua empresa não está vendo valor nessa interação é o momento de mudar. Cabe à corretora, por exemplo, empoderar a empresa nos momentos de escolha, disponibilizando informações simples e transparentes para facilitar a tomada de decisão sobre qual plano de saúde é o ideal para seus colaboradores. Outro papel que deve ser absorvido pela corretora é o operacional. Estar atento a detalhes como datas de vencimento, períodos de renovação e prazos a serem cumpridos é fundamental para prestar um bom serviço. Ao assumir a parte burocrática, a corretora libera a área de recursos humanos das empresas para tomar as decisões estratégicas. Mais que isso, a corretora inclusive pode cocriar, com a empresa e a operadora, a estratégia mais acertada para esse ecossistema.

Como funciona essa transferência?

Para fazer a transferência de gestão do plano em vigência, a empresa precisa fazer uma carta, destituindo o antigo corretor e nomeando o novo. Teoricamente, esse pedido pode ser feito a qualquer momento, mas algumas operadoras só permitem que a alteração seja feita com prazo de 30 dias antes do vencimento da apólice; outras permitem que a empresa nomeie outro corretor para fazer a administração da apólice sem nenhum prazo estipulado, mesmo que esteja no meio do contrato. Para fazer a mudança, é necessário seguir o modelo da própria operadora para o documento apresentado. Cada uma tem sua carta específica, com termos que variam de uma empresa para outra.

Quais cuidados devo tomar na escolha da nova corretora?

A empresa precisa ir em busca do parceiro que pode harmonizar o ecossistema e gerar valor na relação entre cliente e operadora, além de transformar a experiência com seus beneficiários. É muito importante que a nova corretora identifique com maestria o ponto forte de cada uma das partes envolvidas no contrato e desperte o melhor de cada um, sem beneficiar nenhum dos lados.

Diferenciais da PiwiⓇ

A Piwi chegou para mostrar que corretora não é tudo igual e usa a tecnologia a seu favor. Para entender bem as necessidades do mercado, a empresa fez um grande mapeamento da jornada do cliente e, com esse conhecimento, consegue apoiar tanto o Recursos Humanos da empresa, quanto o usuário final durante a utilização do plano de saúde. Por conhecer as necessidades ao longo da jornada de utilização dos planos de saúde, a Piwi tem a capacidade de plugar os benefícios oferecidos pelos planos de saúde com as necessidades dos clientes finais, lembrando o usuário de vantagens que ele tem e que muitas vezes acabam sendo pouco utilizadas.

Experimente a Piwi®! É fácil 🙂 Preencha este formulário supimpa que criamos para você 👇