A diferença entre plano de saúde e seguro de saúde

#Plano de Saúde

Banner principal

por
webfoco

É bem comum confundir o plano de saúde, como o plano Amil, com o seguro de saúde. O fato é que os dois serviços oferecem vantagens aos usuários e buscam garantir proteção médica na hora que eles mais precisam. 

É claro que, no Brasil, a assistência médica é um direito de todos, sendo um dever do Estado. Entretanto, o país ainda encontra dificuldades no caminho de desenvolvimento em relação à saúde pública. A sociedade civil, por isso, organizou-se para criar uma alternativa mais eficaz, surgindo o seguro e o plano de saúde.

Plano de saúde

O plano de saúde, como plano SulAmérica, é, basicamente, um serviço fornecido por uma empresa privada que disponibiliza atendimento médico. Pode contar com laboratórios, psicólogos, nutricionistas, entre outros, dependendo da operadora e do plano. Os tipos de cobertura e abrangência costumam variar bastante de empresa para empresa, e o serviço é oferecido em diversas modalidades. Algumas delas são:

  • Individual: é uma opção personalizada para um único indivíduo;
  • Familiar: estende-se aos familiares diretos do contratante, como pai, mãe, cônjuge e filhos;
  • Coletivo: é contratado por um grupo de pessoas. Comum em associações de classes, sindicatos, entre outros.
  • Empresarial: o plano de saúde empresarial é destinado a instituições públicas e privadas que desejam oferecer os benefícios aos seus colaboradores.

Seguro de saúde

O seguro de saúde trata-se de um contrato de seguro que reembolsa o usuário pelas despesas médicas. Tais como consultas, exames laboratoriais, cirurgias e tratamentos. 

Nesse caso, o segurado fica livre para escolher o profissional ou o centro médico em que deseja ser atendido. O reembolso segue as diretrizes do plano contratado.

Seu funcionamento se assemelha a um seguro tradicional. O cliente paga a mensalidade, sendo precificada conforme o risco potencial de futuros custos.

Afinal, qual é o melhor?

Podemos dizer que o seguro e o plano de saúde têm o mesmo objetivo, que é fornecer assistência médico-hospitalar em um momento de necessidade. Para se ter uma ideia, a Agência Nacional de Saúde (ANS), em alguns casos, estabelece regras iguais para os dois. 

Vale lembrar que a ANS é a responsável por fiscalizá-los e regulamentá-los apoiada na Lei 10.185/01. Portanto, em caso de dúvidas, a agência pode ser acionada pelos beneficiários, pelas operadoras e seguradoras.

Cada modelo tem suas vantagens e desvantagens, podendo ser escolhidos conforme a necessidade pessoal. O importante é não ficar descoberto, já que todo mundo está sujeito ao risco de problemas com a saúde. Entretanto, no âmbito empresarial, uma solução favorável é optar pelo plano de saúde para empresas

Também conhecido como plano empresarial de saúde, ele promove uma série de benefícios para os colaboradores e para a produtividade da instituição. A Piwi é uma corretora de saúde que trabalha exclusivamente com esse segmento. Entre em contato e saiba mais!