×

Ligue: +55 11 3195.7494

4 dicas para ter sucesso com a retenção de talentos!

#Destaque

Banner principal

porpiwi

Promover a retenção de talentos é essencial para o crescimento de qualquer empresa, independentemente do segmento, porte ou número de colaboradores. Além de saber como recrutar e contratar bons profissionais, a organização deve valorizar seu time e investir no seu aperfeiçoamento.

Não reter aqueles que se destacam gera uma perda de capital humano difícil de ser suprida em curto prazo, o que pode resultar em problemas de continuidade nas funções que ficavam sob responsabilidade dos funcionários que deixam a companhia. Sem contar que a perda financeira causada pela saída de um talento vai além dos encargos trabalhistas, pois as novas contratações geram custos de seleção e capacitação.

Neste post, compilei 4 dicas de como fazer uma retenção de talentos exemplar na sua empresa. Acompanhe!

1. Comece contratando bem

Esse processo começa muito antes de o colaborador assinar o contrato de admissão. Para evitar evasões repentinas de pessoal, é necessário, primeiramente, contratar bem.

Aqui, vale citar que o candidato ideal para ocupar uma função nem sempre é aquele com a melhor capacidade técnica. Para se juntar à empresa, é preciso que o profissional tenha as competências necessárias para executar suas funções com destreza, além de estar em um momento da sua carreira compatível com aquilo que a vaga tem a oferecer.

Por exemplo, se você contratar um indivíduo com bastante experiência e capacidade técnica, pode correr um sério risco de perdê-lo. Ainda que ele assine contrato por necessidade de emprego, se não topar com possibilidades de crescimento e assumir um cargo compatível com sua qualificação, deixará a companhia na primeira oferta da concorrência.

Outro fator que deve ser considerado na hora selecionar candidatos é o seu alinhamento com a cultura e a missão da empresa. Trazer pessoas que não compartilham os mesmos valores pode ser altamente prejudicial para o fluxo de trabalho, além de comprometer a retenção de talentos como um todo.

2. Invista no plano de carreira

Os profissionais que fazem parte da nova geração valorizam muito o aprendizado constante, o crescimento e a realização no trabalho. Proporcionar uma expectativa de desenvolvimento mediante um plano de carreira é uma manobra inteligente para reter aqueles que se destacam.

Para isso, levante as atribuições de cada cargo e as qualificações necessárias na execução das funções. Dessa forma, cada funcionário terá como avaliar as oportunidades que as suas respectivas funções oferecem, o que permite estabelecer as suas próprias metas profissionais.

3. Ofereça benefícios tentadores

Além de oferecer um bom salário, é necessário conceder benefícios que sejam vistos com bons olhos pela sua equipe. Isso favorece a retenção de talentos e os deixa mais felizes e satisfeitos.

Entre as principais bonificações, vale destacar aquelas que atuam como uma remuneração indireta (auxílio-creche, cartão alimentação, vale-transporte etc.), plano de saúde (médico e odontológico), participação nos lucros, premiações, entre outras.

4. Dê feedbacks

Muitas pessoas não gostam de trabalhar no escuro. Pode ser frustrante dedicar meses ou até anos da carreira profissional em algum projeto considerado ruim pela gestão da companhia.

Em razão disso, é fundamental que você, gestor, dê feedbacks frequentes para o seu time. Os funcionários devem ter total consciência de que suas tarefas estão alinhadas com o esperado e, quando finalizar todas elas, precisam ser elogiados por isso.

O ideal é que o pensamento “não fez mais que sua obrigação” seja banido. Se um colaborador executa suas atividades com perfeição, precisa ser estimado e recompensado pela empresa.

Em contrapartida, se ele está cometendo falhas, precisa ser alertado sobre o que tem de ser melhorado. Isso é crucial para evitar medidas drásticas, como advertências ou demissões.

Ao colocar algumas destas dicas em prática, você certamente fará uma retenção de talentos exemplar. Assim, sua equipe estará devidamente engajada e satisfeita com a empresa, refletindo em maior competitividade em relação à concorrência.

E então, o que achou das sugestões que a Piwi® trouxe para esse post? Tem mais alguma dica que possa ajudar outras empresas a ter sucesso na retenção de talentos? Deixe um comentário e divida a sua experiência!