Diversidade e inclusão nas empresas: importância e como promover

#Gestão de RH

Banner principal

por
webfoco

Existe hoje no mundo uma transformação de ordem cultural, visando promover conceitos cada vez mais importantes em qualquer setor: diversidade e inclusão nas empresas. São questões que a sociedade discute bastante já há alguns anos e os negócios não podiam ficar fora disso, não é mesmo? 

Trata-se de uma pauta importante e as companhias que entenderam a dimensão do assunto colhem os benefícios de promover a prática. Entenda, a seguir, o que significa criar um ambiente de trabalho mais inclusivo e diverso e descubra quais são os desafios nessa missão!

O que é diversidade e inclusão nas empresas?

Você sabe o que é diversidade e inclusão nas empresas? A diversidade está presente nas empresas uma vez que as equipes são formadas por pessoas de diferentes gêneros, etnias, idades, formações, visões e vivências. Isso é fundamental para promover a igualdade, a criatividade e a inovação dentro do negócio.

A riqueza, especialmente de ideias e percepções, abre portas para inúmeras possibilidades na solução de problemas e condução de atividades. Sem falar que promover a diversidade nas empresas significa respeitar as diferenças entre nós.

Agora, falando de inclusão e leis, segundo o artigo 93 da Lei nº 8.213/91, a empresa com 100 ou mais funcionários deve preencher de 2% a 5% dos cargos com beneficiários reabilitados, ou pessoas portadoras de deficiência. É necessário seguir a seguinte proporção:

  • Até 200 funcionários – 2%
  • De 201 a 500 funcionários – 3%
  • De 501 a 1.000 funcionários – 4%
  • De 1.001 funcionários em diante – 5%

Importância para as empresas

Para as organizações, qual é a importância da diversidade e inclusão? Bom, atualmente, quando se fala em ter diferentes perfis de colaboradores, quer dizer que é preciso que o time tenha representatividade e seja compatível com a diversidade da população. Tal fusão permite que a empresa se torne mais plural, mais democrática. 

O resultado dessa mistura acarreta benefícios para todos. Saca só!

Quais são as vantagens de promover a diversidade e inclusão?

Elevação da competitividade e do lucro

As ações de diversidade e inclusão nas empresas atraem os melhores profissionais. Esses se preocupam ainda mais com a experiência do cliente, pelo motivo da identificação com os consumidores e a comunicação com perfis de clientes distintos. O clima organizacional também tende a melhorar.

Maior rede de ideias, criatividade e inovação

A soma de vivências, visões e experiências aumenta o leque de resoluções de problemas. O confronto de opiniões contribui para o desenvolvimento de soluções “fora da caixa” e isso melhora a tomada de decisão. É um dos benefícios da empresa.

Maior visibilidade

Uma vez que a empresa cumpre seu papel social e adota uma postura voltada à diversidade, melhora sua imagem frente aos consumidores, clientes, fornecedores e parceiros. Além, claro, aos seus próprios colaboradores, que se sentem pertencentes à organização e representados. 

Há, também, uma aceitação e admiração da sociedade com a marca.

Como promover?

Não existe receita de bolo para o caso. Cada empresa vive uma realidade com seu time de colaboradores. Mas podemos dizer que o primeiro passo é criar um ambiente de trabalho seguro para todos envolvidos, para que, assim, dê para fazer um diagnóstico e pesquisas sobre características autodeclaradas. Bem como o nível de inclusão e acolhimento que os funcionários enxergam lá dentro.

Ou seja, faça um mapeamento de toda a empresa, dos líderes aos estagiários, e depois trace estratégias de admissão para diversificar a população interna. Há a possibilidade, ainda, de oferecer benefícios corporativos condizentes com os ideais da diversidade.

Desafios

A diversidade e a inclusão são temas urgentes nas companhias mundo afora, causando certa ansiedade em querer aplicar essas políticas. No entanto, é importante ter calma e paciência para entender que transformações desse tamanho não acontecem do dia para noite.

Um grande desafio é estruturar os processos, definir objetivos e metas. Como qualquer outra ação da empresa, é preciso ter planejamento, foco e mensuração. Caso contrário, o projeto pode se tornar pouco eficiente.

Além disso, vamos combinar que não é tão fácil assim romper com as mazelas estruturais que possuímos. Tais como o machismo, racismo, homofobia e outras formas de preconceito. Afinal, elas estão enraizadas na sociedade, é uma questão cultural que leva tempo para ser dissolvidas.

Como o RH contribui para a diversidade e inclusão?

O setor de RH e os líderes caminham lado a lado para colocarem em prática a diversidade e estimular a inclusão nas empresas. Um fator determinante para isso é o processo de admissão, que deve considerar as diferenças entre as pessoas, sem preconceitos.